Nutrição

  • Nutrição na Cirurgia Plástica:

    Na Cirurgia Plástica o paciente espera, acima de tudo, um resultado satisfatório.

    A intervenção nutricional interfere de maneira positiva no pré-operatório ajudando o paciente atingir um peso seguro o preparando para a cirurgia e no pós-operatório a manter o peso e auxiliar em sua cicatrização.

  • Dietoterapia:

    A dietoterapia (ou Terapia Clínica Nutricional TCN) é a nutrição no tratamento de doenças, compreende uma série de cuidados para cada enfermidade específica. Com conhecimentos sobre os nutrientes e suas funções biológicas traça-se um plano alimentar para melhorar as condições de saúde do paciente. Diabetes, Hipertensão Arterial, Gastrite, Distúrbios Intestinais são algumas das doenças suscetíveis a intervenção nutricional.

    Além disso, a TCN desempenha um papel principal no desenvolvimento, crescimento, condicionamento físico e na prevenção do aparecimento de doenças.

  • Plano Alimentar:

    O plano alimentar personalizado é uma ferramenta de grande eficácia para se alcançar objetivos pré-estabelecidos, seja para atingir o peso ideal, seja para regular parâmetros bioquímicos, ou até mesmo auxiliar na recuperação da saúde em estados de doença.

  • Reeducação Alimentar:

    A Reeducação Alimentar consiste em adotar práticas alimentares saudáveis para que o peso ideal seja atingido e mantido de forma natural.

    Por meio da identificação de hábitos e preferências alimentares, o nutricionista traça um plano capaz de corrigir a forma como o paciente se alimenta e ensiná-lo a como atingir um peso saudável.

  • Transtornos Alimentares (TA):

    Anorexia, Bulimia, Compulsão Alimentar e outros transtornos não especificados são doenças que quando não tratadas a tempo são capazes de levar o indivíduo ao óbito. Devido a sua alta complexidade, o seu diagnóstico exige conhecimento específico e extrema sensibilidade da equipe multidisciplinar.

    Além de auxiliar no diagnóstico, no tratamento e na manutenção da saúde, ao nutricionista cabe fazer com que o paciente entenda como deve ser a sua relação com os alimentos.

  • Marmitas Saudáveis

    Cada vez mais, as marmitas saudáveis veem fazendo parte do dia a dia das pessoas, porém sabemos que não é nada fácil combinar os alimentos e cozinhar todos os dias, facilmente elas são deixadas de lado.

    O nutricionista com técnicas de preparação, combinação e conservação ajuda a tornar essa prática muito mais simples, prazerosa e contínua.

  • Bioimpedância:

    A Bioimpedância é o exame que analisa e calcula a composição corporal, indicando a quantidade de água, de massa óssea, muscular e de gordura. Na nutrição é uma ferramenta muito importante que auxilia na análise dos resultados de planos alimentares, pois cria um quadro comparativo-evolutivo onde o próprio paciente é capaz de enxergar a sua evolução.

Profissionais

Nutricionista

Agnes P. Perestrelo

Nutricionista, formada pela Universidade Nove de Julho (2008-2011), especialista em Transtornos Alimentares pela USP (2011), pós-graduada em Gestão de Unidades de Alimentação pelo SENAC (2015-2016).